19y, scorpio. art and movies blogroll tumblr
Eu mudei meu cabelo. Ignorei os avisos, ignorei a repressão da minha mãe, ignorei meu próprio senso e apenas fiz. Cortei durante a madrugada. Na televisão passava algum show aleatório onde as pessoas se reencontram, eu ouvia o chiado meio baixo entre os choros da plateia e da voz empolgada do apresentador. Os gritos lá de fora ultrapassavam a janela, eu podia ouvir risadas bêbadas e murmúrios indecifráveis. Eu estava no banheiro, encarando meu reflexo no pequeno espelho que comprei em uma loja de 1,99. Meu gato roçava contra minha pele, desistindo da minha atenção após eu permanecer durante muitos minutos na mesma posição. Enfim peguei a tesoura, levei próximo a mecha que segurava com a outra mão, e cortei. Idealizei esse momento durante muitas semanas. Pensei que finalmente seria meu ponto de partida. Almejava aquele alívio. Imaginei que no momento em que eu agisse contra minha vontade a adrenalina ia se tornar presente e ia dominar meu corpo. Não percebi quando terminei de cortar tudo. Meu cabelo que antes pendia sobre minha cintura, agora permanecia estático acima do meu ombro. Suspirei. Deixei a tesoura cair na pia, apaguei a luz e fui em direção a sala.